Buscando representar homem do campo, Irmão Dé é um dos candidatos ao legislativo em Chã Grande


As eleições deste ano, para o legislativo municipal em Chã Grande, apresentaram um dos maiores números de candidatos de todos os tempos. Somando o total das duas coligações, são ao todo 69 nomes na briga por uma das 11 vagas na Casa Paulo Viana de Queiroz.

Entre tantos nomes à disposição dos eleitores, um, em especial, ganha notoriedade entre os produtores rurais. Trata-se de José Francisco dos Santos, conhecido como Irmão Dé. Filiado ao Partido da República, o agricultor, da região de Macacos, zona rural de Chã Grande, Irmão Dé lançou sua candidatura como forma de representar os anseios dos agricultores.

“O trabalho que venho desempenhando junto à comunidade, nos últimos anos, os benefícios que temos prestados e, além disso, o pedido dos amigos do campo, muitas das vezes esquecidos pelas políticas públicas, me motivaram a entrar nessa disputa”, diz o candidato.

Participando de movimentos políticos desde a década de 90, o agricultor decidiu entrar na disputa pela primeira vez. E, logo em sua estreia, o candidato, que é o primeiro da região de Macacos a disputar uma eleição legislativa, já é cotado como um dos fortes nomes do PR para ocupar uma das vagas no legislativo.

header ads
header ads
header ads