Primavera: Rompimento entre o vice-prefeito Cacá e a prefeita Dayse expõe racha e fragiliza grupo governista


 O atual vice-prefeito de Primavera, Cacá (PDT), está politicamente rompido com a prefeita Dayse Juliana (PSB), a chapa vencedora por duas eleições 2016 e 2020, formada pelos dois políticos teve sua aliança desfeita por divergência políticas e de composição do governo.

Na oposição, Cacá tem se organizado para entrar na disputa pela prefeitura em 2024, quando Dayse estará concluído seu segundo mandato, outra possibilidade que circula nos bastidores é a formação de uma frente ampla com vários políticos locais, contra o nome que será apresentado pela prefeita e por seu grupo.

Políticos que estão no campo oposicionista como o segundo colocado na disputa de 2020, Romulo Pão com Ovo (PSD), o ex-prefeito Galego do Gás (PL), o atual vice-prefeito Cacá (PDT), o vereador Bruno do Povo (PSD), entre outros políticos que fazem oposição poderão estar juntos em um palanque amplo.

A saída do vice-prefeito da base governista, que dá sustentação política à Dayse e seu grupo, foi um forte sinal de que as articulações não vão bem com Dayse e que a sua sucessão não será tarefa fácil caso queira eleger um nome de seu grupo. Na oposição a notícia é comemorada pois aumenta as chances de vitória.

Além desse contexto de rompimento, a difícil relação entre o governo municipal e a Câmara de Vereadores aumenta ainda a crise política vivida na gestão, parlamentares reclamam da ausência de diálogo frequente e de centralização de poder.

Fala News

0 Comentários

header ads
header ads header ads