Ministério da Saúde confirma primeira morte por varíola dos macacos no Brasil


 O Ministério da Saúde confirmou, nesta sexta-feira (29), a primeira morte por varíola dos macacos no Brasil. O óbito foi registrado em Uberlândia (MG) na quinta; o paciente era um homem com baixa imunidade.

Nesta semana, a cidade de São Paulo confirmou os primeiros casos da doença em crianças. Até esta quarta-feira (27), o Brasil tinha 978 casos confirmados de varíola dos macacos, em 15 estados e no Distrito Federal:

São Paulo (744)

Rio de Janeiro (117)

Minas Gerais (44)

Paraná (19)

Distrito Federal (15)

Goiás (13)

Bahia (5)

Ceará (4)

Santa Catarina (4)

Rio Grande do Sul (3)

Pernambuco (3)

Rio Grande do Norte (2)

Espírito Santo (2)

Tocantins (1)

Mato Grosso do Sul (1)

Acre (1)

Os números podem variar em relação aos das Secretarias Estaduais de Saúde por causa de tempo de notificação ao ministério.

Emergência de saúde global 

No sábado (23), a varíola dos macacos foi declarada pela Organização Mundial de Saúde (OMS) como uma “emergência de saúde global”. A decisão pode levar a um maior investimento no tratamento da doença e avançar na luta por vacinas, que estão em falta. Na prática, o estado de emergência obriga agências sanitárias pelo mundo a aumentar medidas preventivas.

Atualmente, só há outras duas emergências de saúde deste tipo: a pandemia do coronavírus e o esforço contínuo para erradicar a poliomielite.

Mais de 18 mil casos e 5 mortes pela doença já foram relatados à organização, em 78 países. Mais de de 70% das infecções vêm da Europa e 25%, das Américas.

g1

0 Comentários

header ads
header ads header ads