Inquérito conclui que a cantora Amanda Wanessa causou acidente de trânsito


G1 -
Pouco mais de quatro meses após a colisão que deixou gravemente ferida a cantora gospel Amanda Wanessa, de 34 anos, a Polícia Civil concluiu o inquérito que apurou o fato. A corporação informou, nesta quinta (13), que ficou constatado que ela causou o acidente de trânsito.

Por meio de nota, a corporação disse que, após as investigações, “foi constatado que a vítima "deu causa ao acidente”. Ainda segundo o comunicado, o inquérito foi concluído “sem indiciamentos”. O documento seguiu para o Ministério Público de Pernambuco, na segunda (11).

A conclusão da polícia diverge da versão apresentada pela família da artista na época do acidente, no dia 4 de janeiro, na PE-60, em Rio Formoso, no Litoral Sul de Pernambuco. Após a colisão, os parentes dela informaram que um caminhão de tijolos teria invadido a faixa contrária, colidindo com o veículo em que Amanda e as outras três pessoas estavam.

A cantora dirigia o carro e estava acompanhada do pai, da filha Mel e da amiga Juciara Pimentel. A filha de Amanda Wanessa, Mel, de 6 anos, passou por uma cirurgia no ombro e teve alta do hospital dois dias depois do acidente.

Cunhado da artista, Denílson Santos disse que não tinha “ficado sabendo de forma oficial” e que os advogados “estavam tratando do assunto”.

Saúde

Nesta quinta, Denilson santos disse que Amanda Wanessa ainda está internada no Hospital Português, no Derby, na área central do Recife. Ela ficou vários dias na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) da unidade de saúde e foi transferida para um quarto, depois de dois meses de internação com cuidados especiais.

Segundo ele, a artista “vem evoluindo”, respira sem ajuda de aparelhos, mas não se comunica normalmente. “Os médicos não fizeram nenhuma previsão de alta, ainda”, declarou.

0 Comentários

header ads
header ads
header ads