GRAVATÁ: Bebê de nove meses dá entrada no hospital com marcas de agressão


 Uma denúncia de maus tratos foi registrado na DP na cidade de Gravatá, no Agreste. De acordo com informações, um bebê de apenas nove meses deu entrada na última quarta, 24, no Hospital Dr. Paulo da Veiga Pessoas com sinais de cortes e agressões pelo rosto.

A Polícia Civil já ouviu a mãe da crianças, que não teve o nome divulgado, mas que reside no Bairro Novo, na periferia da cidade. Em depoimento, a mãe chegou a dizer que as lesões do bebê foram ocasionadas por 'mordidas de rato'.

Na investigação, os policiais levaram o caso ao conhecimento do Conselho Tutelar do município que encaminhou a criança para realização de exames mais detalhados no Instituto de Medicina Legal (IML) na unidade de Palmares, na Mata Sul.

Revoltados, os vizinhos do casal entraram na residência e destruíram todos os móveis e objetos da família. O pai do bebê, que também não teve o nome revelado, está foragido. A Promotoria da Infância e Juventude já está acompanhando o caso.

0 Comentários

header ads
header ads
header ads