[Opinião] Sim, Chã Grande tem carnaval!


 Pode até parecer uma explicação óbvia, mas o objetivo dessa publicação é dizer o que muita gente já sabe: Chã Grande tem carnaval! E por qual motivo estou digitando esse texto? Algumas pessoas levantaram a questão de que o município não possuía uma folia momesca no período de carnaval, uma festa que sempre muda de data, mas na maioria das vezes está localizada no fim do mês de fevereiro e começo de março. Alguns anos, porém, está no início do segundo mês do ano.

Mas deixemos o calendário um pouco de lado. Toda essa discussão começou nas redes sociais, após uma postagem deste jornal, em que informava que mais de 70 municípios já anunciaram a suspensão dos festejos carnavalescos em virtude, ainda, da pandemia do novo coronavírus, com suas variantes, além da gripe AH3N2. Ano passado também não tivemos carnaval nas cidades brasileiras. A última recordação das folias de momo que temos é de 2020, quando a Covid-19 ainda não fazia parte da realidade brasileira. Não oficialmente, pelo menos.

"Afirmar que Chã Grande não tem carnaval é desconhecer a história da própria folia de momo." 

O carnaval como o conhecemos nasceu antes mesmo do cristianismo, quando as pessoas já separavam datas do ano para festejar como se não houvesse amanhã. O próprio natal também se encaixa nisso.

Foi com a introdução do cristianismo como religião oficial do Império Romano que o carnaval se tornou uma festa para celebrar os desejos da carne, antes dos 40 dias de jejum imposto pela quaresma, para chegar até a Semana Santa. Tanto é que a que a quarta-feira após a terça gorda é chamada de Quarta-Feira de Cinzas, onde começa o período de penitência dos cristãos católicos.

Com as navegações e a conquista de outros territórios, as tradições foram sendo repassadas aos novos conquistados. Foi assim com a tradição inglesa no norte, de maioria protestante, e o restante da América, de influência espanhola e portuguesa, com o rito católico. E por aqui o carnaval também chegou, se tornando uma festa popular.

De todas as festas dentro do calendário anual, o carnaval, apesar de críticas, é considerado como a festa mais democrática que existe. Ainda. É bem verdade que nem todo lugar é assim, mas ele ainda resiste, gostem as pessoas ou não, sendo o que é, a festa do povo.

Mas e então, após essa breve explicação, podemos afirmar que Chã Grande tem carnaval? A resposta é sim. Não precisamos ter trios elétricos, artistas de renome nacional ou tantas e tantas outras coisas que encarecem as festas para dizer que temos sim a folia de momo em nosso município.

Temos a tradição do Bloco As Catraias do Atelier que sai as ruas sempre no domingo de carnaval, arrastando uma multidão, com homens vestidos de mulheres, isso tudo já desde 1996. E se voltar no tempo, no próprio livro “Chã Grande, das Palmeiras e de todas as épocas”, do jornalista Tomás de Aquino, é possível encontrar relatos de festejos carnavalescos em Chã Grande desde outros tempos passados.

Como esquecer da Burra do Eleno, na Vila de Santa Luzia, do Bloco dos Cornos, em Malhadinha, ou da festa realizada no bairro da Camela, na área urbana, ou ainda a participação das escolas? Esses são alguns dos exemplos de que existe carnaval em Chã Grande, mesmo que sem fama, sem glamour ou sem artistas de renome, mas com pessoas que gostam do carnaval da maneira que ele é, como Sérgio de Bibiu, Ronaldo Enfermeiro e Professor Eleno, para citar alguns dos foliões mais animados de Chã Grande.


0 Comentários

header ads
header ads
header ads