Imprensa toma conhecimento de falsos fiscais da justiça em Gravatá e Chã Grande


A imprensa local já tomou conhecido sobre a atuação de pessoas não autorizadas se passando por promotores e fiscais da justiça, na zona urbana e rural de Gravatá e Chã Grande. Os criminosos estariam removendo propaganda eleitoral sem nenhuma autorização da justiça ou eleitor.

A Promotoria Eleitoral em Gravatá e Chã Grande é representada unicamente pela promotora Dra. Fernanda Henriques da Nóbrega, salvo quando autorizado através de notificação ou outro documento oficial, acompanhado da Polícia Militar. Já o Cartório da 30ª Zona Eleitoral, que também responde pelas duas cidades, é representado pelo Meritíssimo Senhor Juiz de Direito, Dr. Luís Célio de Sá Leite.

Caso algum eleitor perceba a presença de pessoas se passando por oficiais da justiça, promotor ou juiz, deve chamar imediatamente a força policial ou Próprio Ministério Público Eleitoral. A pena para quem comete o crime de falsa identidade está previsto no Código Penal em seu artigo 307 e estabelece detenção de 3 meses a 1 ano e pagamento de multa.

CHAME A POLÍCIA: (81) 3533-9833 ou 3533-7098
FALE COM O CARTÓRIO ELEITORAL: (81) 3563-9103
MINISTÉRIO PÚBLICO ELEITORAL: (81) 3533-9816

Portal GN
header ads
header ads
header ads